quarta-feira, 13 de setembro de 2017

HERÓIS INESQUECÍVEIS (50) - TOUNGA

Tounga, é um herói com aventuras na Pré-História. É criação do belga Edouard Aidans e teve a sua estreia na edição belga da revista “Tintin”, em Outubro de 1961.
Edouard Aidans
Seus companheiros habituais são: a “namorada” Ohama, o amigo coxo Nooun e o fiel tigre Arahm.
Em Portugal, estreou-se na edição portuguesa da revista “Tintin”, em Março de 1969, e com o nome aportuguesado para Tunga.
Algumas das suas aventuras foram publicadas no “Tintin Anual”, “Almanaque Tintin”, “Mundo de Aventuras” e “Selecções”.
A série terminou em Outubro de 1985.
Tem 17 álbuns, dos quais os 16 primeiros foram editados pela Lombard, e o último, bem como os 6 “Integrais”, pela Joker. Até hoje, nenhum foi publicado em Portugal.
O primeiro álbum da série, "La Horde Maudite" - Edições Lombard (1974)
O último álbum da série, "La Dernier Rivage", Joker Editions (2004)
Capas dos seis volumes da colecção "Intégrale" - Joker Editions

As peripécias de Tounga e seus companheiros são vagamente inspiradas no romance “A Guerra do Fogo” de J.R. Rosny Aîné (aliás, Joseph Henri Honoré Boex).
De resto, Tounga, tem um concorrente similar, Rahan, criado pelo francês André Chéret. Embora aproximados, há diferenças entre Tounga Rahan (deste, talvez venhamos a falar em futuro breve...). As diferenças mais notórias estão: primo, nas respectivas origens; secundo, no carácter de cada um, sendo que Rahan é, digamos, um filantropo, enquanto Tounga é essencialmente um guerreiro, se bem que generoso, mas bem capaz de matar para se defender.
Nos primeiros tempos, o traço de Aidans era pouco enérgico, mas o autor cedo evoluiu, dando uma boa vivacidade à série, marcando um grafismo mais dinâmico e audacioso, o que levou a que Tounga fosse considerado um dos melhores heróis-BD do género.
Desde estes distanciadíssimos tempos, e através das entusiasmantes fantasias da BD de heróis como Tounga, Rahan e até, o divertido Brucutu (aliás, Alley Oop), a raça humana sempre foi sobrevivendo e evoluindo (para melhor ou para pior?...). Alea jacta est!
LB


Capa e prancha de "La Grande Peur" - Edições Lombard (1976)
Capa e prancha de "Le Dieu de Feu" - Edições Lombard (1978)
Capa e prancha de "Le Faiseur de Feu" - Edições Lombard (1982)
Capa e prancha de "La Piste Perdue" - Edições Lombard (1984)
Quatro capas de revista "Tintin" (portuguesa) com Tounga (ou Tunga) como protagonista

1 comentário:

  1. Não possuo nada em álbum, apenas algo no MAventuras, mas gostaria de ter, pois é uma época que me desperta muitas emoções.

    ResponderEliminar