terça-feira, 7 de agosto de 2012

HERÓIS INESQUECÍVEIS (2) - OLIVIER RAMEAU

TARAZIMBUMANTE!
A 15 de Outubro de 1968, no n.º 42 da revista "Tintin" (edição belga) apareceu a primeira prancha de uma nova e invulgar série: "Olivier Rameau". Dois dias depois, inicia-se também na edição francesa. Entre nós, surge na edição portuguesa de "Tintin", a 7 de Fevereiro de 1970. Seus criadores: o argumentista Greg (aliás, Michel Regnier) e o desenhista Dany (aliás, Daniel Henrotin). 
Greg e Dany

E foi um êxito imediato junto dos bedéfilos! Tudo é maravilhoso nesse outro mundo, Rêverose (Sonho Côr-de-Rosa), num ambiente de total felicidade, optimismo, romântico, divertido, onde não se sabe o que é o dinheiro... pelo utópico e o absurdo. O jovem ajudante de notário, Olivier Rameau, e o seu colega veterano, o Sr. Pertinent, por acaso, vão ter a esse território, interdito às pessoas aborrecedoras. E logo, nos personagens fantásticos, a bela reverosiana Colombe Tiredaille. Ela e Olivier, cedo se apaixonam e, mais tarde, virão a casar. Mas outras figuras são também marcantes, como por exemplo: o espantalho Pazubrin, o guarda Labanquise, os três governantes Zirobudou, o leão Magestor, o anão Kolossal, o passarão Razibus, etc, etc.
"A Grande Viagem a Absúrdia" (um dos episódios da série publicados na revista Tintin)

Também divertido é o aparecimento de um certo vocábulo nesta série: "Tarazimbumante!" (Tarazimboummant, no original), que se poderia traduzir em português por "Espantoso!" e em "acordês" por "Bué da fixe, meu!". Chegou, por algum tempo, a ser adoptado nas conversas entre bedéfilos admiradores desta série.

Depois de várias reedições em revistas e até em álbum (não há nenhum em português!!!), finalmente, na versão integral e através de quatro tomos, as Editions Joker (Bélgica) publicaram todas as histórias (longas e curtas) da série "Olivier Rameau", onde algumas narrativas têm argumento do próprio Dany. 
A não perder!

Tarazimbumante!...

4 comentários:

  1. Inesquecível sim senhor!
    :D
    E Tarazimbumante também!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade uma série maravilhosa e refrescante,amigo Nuno. E
      tenho o prazer de ser amigo pessoal,há longos anos,do Dany.
      Luiz Beira

      Eliminar
  2. Um dos meus heróis preferidos. Pena que não se edite em Portugal!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Zetantan, imagino que esta série não existe em português
      por uma certa incompetência das nossas editoras que continuam
      atascadas em Absurdia...
      Luiz Beira

      Eliminar